terça-feira, 29 de maio de 2012

Sóbrio

Não sei ser sociável apenas por ser. Aquele que todos dizem: que cara gente boa. 
Não consigo disfarça meu desinteresse quando o assunto não é relevante.
Não controlo minha cara de tédio.
Não preciso sorrir para dizer que estou feliz ou chorar para perceberem o contrário.
Não é necessário estar sóbrio o tempo todo para enxergar claramente.
Você perceberá tudo que eu sinto sem precisar de muito esforço, só um pouco de atenção.
Não quero muitas palavras, só sua presença.
Só preciso de braços e uma janela aberta.
Eu só preciso de tempo.
Você só precisa prestar mais atenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário