quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Tem que ser descontraído

O que me atrai é o olhar tímido quando a pergunta é apressada demais, o rosto corado. Porque tem que ter o sorriso descontraído. Um ar de desencanado, de bem com a vida. As palavras saem naturalmente, nunca falta assunto, sabe ter paciência. Encosta a cabeça no ombro sabendo o que vai acontecer. Mas o sorriso, o sorriso tem que ser descontraído, livre. O andar é calmo, a respiração é suave. Ele ouve meus planos e eu os pensamentos dele. Me atrai a maneira de falar, roupas leves, a maneira simples de ver a vida e a vontade de conhecer tudo que há lá fora. Tem que ter pegada, não pode ter preguiça. O beijo principalmente tem que ter vontade. Sem falar no resto, bom, isso é um outro assunto. No final de tudo o que importa mesmo é que seja livre, seja leve, esteja em paz. Me atrai a disposição, viajar, sentar e tomar uma cerveja. me atrai a cabeça feita, identidade, vontade própria. Tem que ter coragem, tem que saber que é em nós que podemos confiar, que onde nós estiver juntos será o melhor lugar para estar. Tem que ser dois, tem que ser par, tem que compartilhar. Me atrai o carinho, a segurança. Tem que ter abraço, sorriso e um beijo de boa noite. E o sorriso tem que ser descontraído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário