sábado, 14 de maio de 2011

Você está em tudo...


Você está em tudo, e em todo os meus dias.
Está nos dias quentes, na piscina, em toda camiseta regata que eu vejo.
Nas noites frias, em frente a lareira, nos vinhos que eu fingia conhecer e gostar.
Você está no cinema, na última fileira, na seção meio vazia, nas brincadeiras imorais.
Você está em toda minha vida.
Na minha cozinha, nos pratos rasos, sem nada preparado, no fogão desligado, na geladeira quase que vazia, onde está você para fazer o nosso jantar?
Está na sala, no sofá a noite sozinho, no quadro que você achou grande demais, na tv que agora fica sempre ligada.
Você está nas ruas, em todo carro preto do modelo do seu que passa por mim, sinto um aperto no peito quando segue o cruzamento e ele não pára para eu entrar.
Você está em todo momento, em todos os lugares.
No aeroporto, quando não é você quem joga as malas no chão e me abraça, como nos filmes.
Você está nos finais de semana, nos restaurantes que eu não vou mais, na praia que agora já não tem tanta graça.
No parque, quando eu corro sozinho, óculos escuros, finjo não ver ninguém ao meu redor.
Nos museus, onde eu passo horas, porque você já não fica mais entediado, não me chama para ir embora, não finge gostar de arte.
Você realmente está em tudo.
Na minha nova realidade, esta que você não mais participa.
Você está em todos meus pensamentos, me lembrando de que na verdade você não está mais em lugar algum.

Um comentário:

  1. Existem pessoas assim, que mesmo ausentes fazem-se tão presentes...Que falam sem dizer uma palavra se quer, pois falam através de nossos sentimentos, falam através da saudade que deixam na gente!

    Adorei seu blog!
    Abraço!
    Gê!

    ResponderExcluir