quinta-feira, 7 de abril de 2011

É simples


Um toque é só um toque.
Uma voz é só mais uma voz.
Um olhar é qualquer olhar.
Cruzamos com muitos olhares todos os dias. Ouvimos muitas vozes. E esbarramos aqui e ali em alguém. Com muitas pessoas diferentes temos as mesmas experiências todos os dias.
Então por que de repente começa a fazer diferença esses gestos tão normais de uma pessoa?
O toque dessa pessoa, provoca arrepios. O seu olhar te tira a atenção, te deixa paralisado olhando para seus os olhos, no fundo dos olhos, lá, onde a verdade é guardada.
Sua voz, te protege, te acalma, e te arranca a segurança de acreditar que é melhor ficar sozinho, e evitar sofrimentos.
Todos os gestos simples que essa pessoa tem, para você faz sentido.
E um toque não é só mais um toque, é o toque de quem te ama.
Não é só mais uma voz, é voz que te ajuda a ir em frente sempre, é a voz que se despede quando você se vai, e te recebe quando você volta. É a voz que tem braços, que te envolvem, que tem corpo, um corpo que encontra o seu corpo.
E o olhar, é agora o único que você cruza, em qualquer lugar que você esteja, porque é o único que você procura, é o único que te garante que você não está mais sozinho. É o olhar que te mostra o que você tem que fazer. É o olhar que diz tudo o que você precisa saber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário