domingo, 13 de fevereiro de 2011

Talvez na hora certa...


Eu ainda me pego conversando com você. Eu não posso evitar. Olhando pela janela, penso nas tardes quentes que passávamos no campo, eu adorava aquelas montanhas, e canso de tanto rir ao lembrar de você me imitando quando eu criticava a cascata que você mandou fazer na piscina. 'Amor, cascata na piscina é coisa de gente brega, por que você mandou fazer isso?' Você me repetia com minhas revistas de arquitura na mão. E em seguida dizia: 'É esse brega que você ama, se ferrou.'E eu era obrigado a admitir que era verdade. Eu sei que você não ia querer que eu ficasse triste, e pensando em nós. Mas não se preocupe esqueci das nossas brigas, só lembro de coisas boas. Às vezes eu fico parado olhando para o nada e meu pensamento é tão rápido ao te procurar que quando eu percebo já estou a horas revendo lembranças. Tem mais, devo admitir que emagreci, não deixo meus amigos me levarem a churrascarias, e nem como todas aquelas bobagens que você me induzia a comer à noite. E nem faço mais aquelas brincadeiras com leite condensado, chantilly e calda de chocolate. 'Vida, você tá muito magro, vou te trocar por um gordinho' você sempre dizia rindo quando eu colocava adoçante no café ou tomava refrigerante diet. E eu respondia: 'Troca, que eu troco você por dois de 15 anos' Aí você ficava bravo. Hoje eu assisti outra vez aquele vídeo que eu gravei para você, o que você chorou assistindo, eu adorava gravar vídeos, é essa mania de querer se aparecer. Esses dias no parque um rapaz estava correndo com um rottweiler, quase que eu chamei: 'Vem cá Barão não lembra mais de mim?' Tenho saudade dos seus cachorros. E as nossas sungas verdes iguais? O que fizeram com elas será? Queria poder ter guardado. Me desculpe eu não pude ir me despedir, só me avisaram dias depois, me pediram para não levar flores, não sei porque fizeram isso, você adorava flores. Acho que tive sorte de saber antes de ter te perder que enquanto estávamos juntos eramos felizes, nós sabíamos disso. Poderia ter durado para sempre, talvez tenha durado mesmo, talvez o nosso para sempre tivesse tempo limitado. Talvez um dia a gente se reencontre. Só queria que você soubesse que sinto saudades, e que o lugar que você ocupou no meu peito nunca vai ser reocupado. Mas calma, não se preocupe comigo não vou ficar sozinho para sempre, uma hora vou encontrar alguém e mesmo não acreditando muito, esse cara vai me fazer feliz como você me fez, e eu à ele.

Ouça: Adele - Rolling In The Deep

2 comentários:

  1. Já vivi algo parecido. Sem a piscina, trocando o rottweiler por labrador e as sungas verdes iguais. rs
    Filipe Borborema

    ResponderExcluir