quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

E o por aqui vai indo. Vai indo o tempo, a vontade e todas as coisas vão indo junto. E talvez quem sabe um dia essa tal paz chegue realmente. Pois por aqui já se desacreditou. Já há muito se entregou, desistiu de pensar, de lutar, até de sentir. Há tempos que tudo daqui sumiu. Só sobrou a esperança. Essa de alguma maneira insiste em ficar, insiste em esperar até em confiar. Mas solitária, ela segue caminhando e vaga sozinha por essas ruas. No meio de toda essa fumaça ainda dá para vê-la. Tratada com tanta indiferença.

__

Começo das aulas. Velha rotina. Velho trampo. Velhos amigos. Velha mania de criticar.

Um comentário: